Rua Cristiano Viana, 401 | Conj. 103 - São Paulo - SP 11 3807-0087 11 94053-0936

Gramados sintéticos na várzea: a modernidade valorizando o amador

Gostou? compartilhe!

Gramados sintéticos na várzea: a modernidade valorizando o amador

O futebol amador cada vez mais se aproxima do profissional. Uniformes modernos e bem desenhados, chuteiras com o mais alto padrão de tecnologia e bolas mais leves e precisas. O piso não poderia ser diferente. Um bom gramado possibilita a fluidez do jogo, evitando possíveis lesões, causadas por relevos e desníveis dentro das quatro linhas. Porém, isso não impede que o futebol continue respirando nesses campos.

Não é novidade que a famigerada “várzea” está cada vez mais sofisticada. Os campos de terra batida, apelidados carinhosamente de “terrão”, estão dando espaço aos gramados artificiais. Campeonatos conceituados e tradicionais do futebol da categoria amadora, vem aderindo ao alto padrão de qualidade de seus campos. Campanhas e investimentos já foram realizados, como por exemplo, a Copa Kaiser, realizada anualmente, em que boa parte dos campos onde ocorrem as partidas, o gramado é artificial.

O antigo terrão, agora tapete, é o reflexo da modernização do futebol como um todo. Essa modernização não necessariamente significa que o futebol de várzea está morrendo. Pelo contrário. Isso é nada menos que a modernidade valorizando o amador. Assim como uma grama artificial de qualidade valoriza o atleta, seja ele profissional ou não. O campo bem plano, sem desníveis, permite que o jogador de finais de semana dê o seu máximo sem se preocupar com lesões, permitindo-o a participar das tradicionais resenhas pós jogo.

O amor pelo esporte continuará vivo. Na verdade, os novos campos com gramados artificiais permitem que a técnica dos jogadores apareça com mais frequência. O jogo ganha maior fluidez, pois o passe é feito com melhor qualidade. Os alambrados continuarão cheios e o espetáculo dentro das quatro linhas ficará ainda melhor, fazendo justiça ao espetáculo das arquibancadas. Nem mesmo os dias de chuva serão capazes de estragar ou diminuir a qualidade do jogo. O futebol de várzea não morreu, ele apenas modernizou.



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Flex Whatsapp Flex